RM024 | Romanos 3:27 a 31 | O Propósito da Lei Revelado por Fracassos Judaicos

Texto Bíblico | A Lei Tira a Bazófia de Todo Homem | 3.2.4

27 Onde está logo a jactância? É excluída. Por qual lei? Das obras? Não; mas pela lei da

28 Concluímos, pois, que o homem é justificado pela sem as obras da lei.

29 É porventura Deus somente dos judeus? E não o é também dos gentios? Também dos gentios, certamente, 

30 Visto que Deus é um só, que justifica pela a circuncisão, e por meio da a incircuncisão.

Texto Bíblico | A Lei É Estabelecida Através da Justificação pela Fé | 3.2.5

31 Anulamos, pois, a lei pela ? De maneira nenhuma, antes estabelecemos a lei.

Comentário

Se por acaso haja uma lei que faz os homens aceitáveis ao ver de Deus, Paulo conclui que é “a lei da fé” (v.27). Neste uso da palavra “lei,” Paulo está fazendo um jogo de palavras. A palavra “lei” pode se referir especificamente à lei de Deus ou simplesmente a um padrão fixo. Por isso, então, alguém pode dizer que há uma lei pela qual os homens são justificados, mas não é a lei dada aos judeus. Ao invés disso, é o padrão fixo da fé em Jesus Cristo; isto é, somente uma regra deve ser obedecido para o perdão—a crença em Cristo.

O perdão que vem através da fé é para ambos os judeus e gentios (v.29). Paulo basea isso no fato que “Deus é um só” (v.30).


Em conclusão, Paulo fala mais uma vez por causa dos seus oponentes. Eles argumentavam que os ensinos de Paulo fizeram que a lei dada aos judeus fosse desnecessária (At 21:28). Paulo nunca alegou isto. Na verdade, seus ensinos não danificam a lei, mas sim estabelecem a lei (v.31). De qual maneira? Enquanto a lei poderia existir sem o evangelho, o evangelho nunca poderia existir sem a lei.

(Por um estudo mais avançado, considere de qual maneira a lei leva os homens a Cristo e é, portanto, uma parte muito importante do evangelho. Veja Gl 3:24. Também, lembre-se de que a ausência da lei nas vidas dos gentios não significa que o evangelho é desnecessário para eles. Eles têm a obra da lei nos seus corações. Revise capítulo 2 para entender isso.)

Perguntas Interativas

  1. O que justifica o homem nos olhos de Deus?
  2. Qual resultado vem à lei pelos ensinos de Paulo?

Palavras-Chave

  • Anulamos – Abolimos; negamos a importância; eliminamos; cancelamos a validade
  • Circuncisão – Aqui, os judeus sendo identificados pela remissão da carne
  • Incircuncisão – Aqui, os gentios sendo identificados por não ter a remoção da carne
  • Estabelecemos – Aqui, confirmamos a validade e força
  • Gentios – Aqui, os que não são judeus
  • – Aqui, confiança
  • Lei – Aqui, padrão que não muda
  • Jactância – Ato de gloriar-se; bazófia
  • Justifica – Libera da penalidade do pecado; faz não condenado
  • Justificado – Considerado não culpado diante de Deus
  • Judeus – Aqui, aqueles que foram dados a lei de Deus
  • Obras – Atos
  • Porventura – Talvez

RM021 | Romanos 3:9 a 18 | O Propósito da Lei Revelado por Fracassos Judaicos

Texto Bíblico | A Lei Sempre Era Desobedecida Segundo as Santas Escrituras | 3.2.1

Pois quê? Somos nós mais excelentes? De maneira nenhuma, pois já dantes demonstramos que, tanto judeus como gregos, todos estão debaixo do pecado;

10 Como está escrito: Não há um justo, nem um sequer.

11 Não há ninguém que entenda; Não há ninguém que busque a Deus.

12 Todos se extraviaram, e juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nem um só.

13 A sua garganta é um sepulcro aberto; Com as suas línguas tratam enganosamente; Peçonha de áspides está debaixo de seus lábios;

14 Cuja boca está cheia de maldição e amargura.

15 Os seus pés são ligeiros para derramar sangue.

16 Em seus caminhos há destruição e miséria;

17 E não conheceram o caminho da paz.

18 Não há temor de Deus diante de seus olhos.

Comentário

“Já dantes demonstramos que, tanto judeus como gregos, todos estão debaixo do pecado” (v.9). Aqui, Paulo está concluindo que ele tem argumentado desde capítulo um que todos os homens são culpados perante Deus. Paulo não precisaria comprovar mais o ponto, mas há sempre aqueles que continuam a procurar alguma razão para descordar. Por essa razão, Paulo agora cita das sagradas Escrituras como uma prova final que até nElas Deus tem declarado plenamente que toda a humanidade é pecaminosa.

Quando ele diz aqui: “Como está escrito” (v.10), não está falando de um lugar específico nas sagradas Escrituras. Ele toma a liberdade para juntar o que está escrito em Sl 5:10; 10:7; 14:1 a 3; 36:1; 53:1 a 3; e Is 59:7 e 8.

A maneira em que Paulo usa estes versículos ensina três verdades importantes. [1] As sagradas Escrituras suficientemente declaram aos judeus que o próprio pecado deles não era menos do que o dos gentios; [2] as sagradas Escrituras concordam com o evangelho de Jesus Cristo; e, [3] Paulo tinha muito conhecimento das sagradas Escrituras.

Note quão pecaminoso é o homem segundo estes versículos. Ele é mau nos seus pensamentos (v.11), suas obras (v.12), suas palavras (vv.13 e 14) e seus costumes (vv.15 a 18). O mal supera o seu ser inteiro. Paulo, portanto, conclui que o seu relacionamento com Deus tem sido arruinado—“Não há temor de Deus diante de seus olhos” (v.18).

Perguntas Interativas

  1. O que Paulo já dantes demonstrou sobre ambos os judeus e gregos (gentios)?
  2. Há quantas pessoas boas segundo os escritos judaicos (o Velho Testamento)?

Palavras-Chave

  • Áspides – Cobras pequenas cujo veneno é fatal
  • Enganosamente – Fraudulentamente
  • Gregos – Aqui, aqueles que não são judeus; gentios
  • Judeus – Aqui, aqueles escolhidos no Velho Testamento para receberem a lei de Deus
  • Justo – Aqui, aquele que guarda a lei de Deus; fiel à verdade
  • Maldição – Praga
  • Pecado – Desobediência contra Deus
  • Peçonha – Veneno
  • Sagradas Escrituras – Aqui, escritos claramente autorados por Deus conhecidos como os livros do Velho Testamento de Gênesis a Malaquias
  • Sepulcro – Túmulo; sepultura
  • Temor – Medo; reverência