RM019 | Romanos 3:1 a 4 | A Vantagem do Judeu Revelada por Objeções Judaicos

Texto Bíblico | Paulo Faz o Judeu Orgulhoso Lembrar que o Seu Coração É o Que Importa a Deus | 3.1.1

QUAL é logo a vantagem do judeu? Ou qual a utilidade da circuncisão?

Muita, em toda a maneira, porque, primeiramente, as palavras de Deus lhe foram confiadas.

Texto Bíblico | A Fidelidade de Deus ao Judeu Embora Falte Fé em Alguns Judeus | 3.1.2

Pois quê? Se alguns foram incrédulos, a sua incredulidade aniquilará a fidelidade de Deus?

De maneira nenhuma; sempre seja Deus verdadeiro, e todo o homem mentiroso; como está escrito: Para que sejas justificado em tuas palavras, E venças quando fores julgado.

Comentário

O evangelho sempe tem tido oposição, especialmente pelos judeus, pois as reivindicações do evangelho pertubam o conforto que eles recebem das suas práticas religosas e da sua herança judaica. Além disso, os judeus são humilhados, porque o evangelho mostra que eles não são melhores do que os gentios.

Os judeus muitas vezes contendavam com Paulo e ocasionalmente ficavam violentos. Deus protegia Paulo e lhe permitia colocar por escrito os seus argumentos. Capítulo três especialmente mostra os resultados disso. Enquanto Paulo apresentava a verdade evangelho aos judeus, eles retornaram com perguntas. Paulo escreve este capítulo antecipando aquelas mesmas perguntas; portanto, o leitor deve notar este diálogo. Paulo presentará a verdade e também fará as perguntas dos seus leitores.

Primeiro, os judeus alegavam que o evangelho faz que ser judeu seja sem valor (v.1). Paulo contesta este argumento. A humanidade precisa saber quem Deus é, e Deus especificamente decidiu confiar este conhecimento aos judeus. Nenhum outro povo na terra tinha as Sagradas Escrituras (“as palavras de Deus” v.2) naquela época. Enquanto a natureza revela a divindade e o poder eterno de Deus, somente as Escrituras revelam quem Ele é e o que Ele espera da humanidade. Isso dá os judeus vantagem tremenda sobre os gentios.


Em segundo lugar, os judeus argumentavam que se ser judeu não concede favor com Deus, então Deus deve ser culpado por não cumprir as promessas aos judeus (v.3). Por quê? Desde o promessa de Deus para fielmente abençoar os judeus requeria que os judeus permanecessem fieis a Ele, e eles falharam, então Suas promessas não adiantam. Deus e Suas “palavras” permanecem verdadeiros, mesmo assim, não importando como os judeus mau manejam-os. Paulo então cita as Sagradas Escrituras (Sl 116:11) que levam a uma conclusão: Quando Deus é difícil de ser entendido sempre conclua que Ele está certo, ainda que pareça errado (v.4)

Perguntas Interativas

  1. O que foi confiado aos judeus que lhes deu a vantagem sobre os gentios?
  2. Qual foi a resposta de Paulo à questão de saber se a descrença por parte de alguns dos judeus aniquilaria a fidelidade de Deus?

Palavras-Chave

  • Circuncisão – Aqui, a prática de remover a carne
  • Divindade – O fato que Deus é Deus
  • Eterno – Sem princípio e sem fim; para sempre
  • Fidelidade – Não parar de fazer o certo
  • Gentios – Aqui, os que não são judeus
  • Judeu – Aqui, alguém especialmente dado a lei de Deus
  • Justificado – Sem pecado; sem culpa
  • Sagradas Escrituras – Aqui, escritos distintamente inspirados por Deus conhecidos como os livros do Velho Testamento; Gênesis a Malaquias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s