RM023 | Romanos 3:21 a 26 | O Propósito da Lei Revelado por Fracassos Judaicos

Texto Bíblico | A Lei e os Profetas Testemunhavam a Justiça de Deus em Jesus Cristo | 3.2.3

21 Mas agora se manifestou sem a lei a justiça de Deus, tendo o testemunho da lei e dos profetas;

22 Isto é, a justiça de Deus pela em Jesus Cristo para todos e sobre todos os que crêem; porque não há diferença.

23 Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus;

24 Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus.

25 Ao qual Deus propôs para propiciação pela no seu sangue, para demonstrar a sua justiça pela remissão dos pecados dantes cometidos, sob a paciência de Deus;

26 Para demonstração da sua justiça neste tempo presente, para que ele seja justo e justificador daquele que tem em Jesus.

Comentário

Antes da vinda de Jesus Cristo, Deus revelou a justiça pela lei. “Mas agora” (v.21) Ele revelou “sem a lei a justiça de Deus” através de Jesus Cristo.

A lei e os profetas das Sagradas Escrituras tinham testificado de Jesus Cristo e da Sua justiça. Esta justiça não vem pelos esforços do homem para guardar a lei, mas “pela fé” (v.22). O homem é incapaz de obedecer perfeitamente a lei. Não consegue alcançar a justiça necessária para ser aceito por Deus.

A justiça que o homem precisa vem através de Jesus Cristo. Qualquer homem, mulher, menino ou menina quer seja judeu ou gentio—sendo que todos são igualmente pecadores condenados (v.23)—pode receber a justiça através de Jesus Cristo, se confiar somente nEle.

Deus liberta todos da escravidão da lei quando crêem (v.24). No que devem crer? Paulo diz que deve pôr “fé no seu sangue” (v.25). Isso conecta a pessoa de Jesus Cristo com a obra de Jesus Cristo. Alguém não deve somente crer na existência de Jesus Cristo ou meramente que Ele é o Filho de Deus, mas também deve crer que há perdão do pecado através Sua morte na cruz.

Paulo, aqui, chama Jesus da “propiciação” (v.25). Esta palavra, querendo dizer satisfação, mostra o que o homem precisava e o que Jesus providenciou. O homem precisava satisfazer a Deus, especificamente, a dívida que devia por quebrar a lei de Deus. Jesus Cristo viveu perfeitamente segundo o padrão da lei. Quando Ele foi crucificado na cruz, Sua morte foi o pagamento pelos pecados que nunca cometeu. Aquele pagamento então é suficiente para satisfazer a dívida da humanidade, e é eficiente a todos que colocam sua fé em Jesus Cristo. (Para um estudo mais avançado, considere I Jo 2:1, 2).

Por esta propiciação Deus declarou novamente “sua justiça” (v.26). Deus não somente perdoou o pecado do homem, mas permaneceu justo em perdoar assim. De qual maneira? Ele perdoou o homem através da morte do Seu Filho, uma morte que era substitutiva. Deus ainda pune o pecado, mas em vez de matar o pecador, Cristo foi morto no seu lugar. Deus, então permanece “justo e justificador” (v.26).

Perguntas Interativas

  1. O que e quem testemunharam a justiça de Deus cumprida pela fidelidade de Jesus Cristo?
  2. O que alguém deve fazer para ter a justiça de Deus por Jesus Cristo?
  3. Quem se tornou a propiciação de Deus, fornecendo a justiça necessária para os pecados serem remidos?

Palavras-Chave

  • – Aqui, Confiança; Crença de todo o coração
  • Glória – Esplendor
  • Justiça – Aquilo que satisfaz o padrão de Deus
  • Justificador – Alguém que declara que outra pessoa não é culpada
  • Justificados – Liberados da penalidade do pecado, como se nunca pecassem
  • Justo – Imparcial; reto
  • Lei – Aqui, o padrão divino escrito do certo e do errado dado aos judeus
  • Manifestou, se – É revelado
  • Paciência – Tolerância
  • Pecaram – Desobedeceram a Deus
  • Profetas – Aqui, escritores das Sagradas Escrituras que predisseram de Jesus Cristo e da Sua obra para salvar o homem do pecado
  • Propiciação – Satisfação; conciliação
  • Remissão – Omissão
  • Substitutiva – No lugar de outro
  • Testemunho – Observação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s