RM007 | Romanos 1:13 a 16 | Paulo Revela o Seu Coração

Texto Bíblico | O Propósito Evangelho de Paulo | 1.1.3

13 Não quero, porém, irmãos, que ignoreis que muitas vezes propus ir ter convosco (mas até agora tenho sido impedido) para também ter entre vós algum fruto, como também entre os demais gentios.

14 Eu sou devedor, tanto a gregos como a bárbaros, tanto a sábios como a ignorantes.

15 E assim, quanto está em mim, estou pronto para também vos anunciar o evangelho, a vós que estais em Roma.

16 Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê; primeiro do judeu, e também do grego.

Comentário

Deus fez Paulo um pregador efetivo (Cl 1:23) entre os gentios para que muitos se virassem a Jesus Cristo (I Co 15:9, 10). Paulo queria ver o mesmo resultado (“fruto” v.13) entre os gentios romanos. Deus, porém, ainda não o permitiu ir lá.

Paulo afirmou que estava “pronto para…anunciar o evangelho” (v.15) aos gentios em Roma por duas razões. Primeiro, ele sabia que Deus tinha o escolhido a trabalhar entre os gentios (At 9:15; 22:21; 28:28)—como ele disse: “Sou devedor” (v.14).

Segundo, ele sabia que o evangelho tinha “poder” (v.16) para salvar os gentios. Eles podiam ir a Cristo para a salvação tanto quanto qualquer judeu.

Estas duas razões, no entanto, têm suas implicações. A primeira é que todo gentio (quer seja inteligente ou não) era digno de ouvir a mensagem. Deus, que não faz acepção de pessoas (At 10:34), estimava os gentios iguais aos judeus.

A segunda implicação é que o evangelho não precisa de acessório nenhum para lhe dar poder. Os gentios não precisavam fazer nada exceto crer no evangelho para serem salvos.

Estas duas razões e suas implicações liberaram Paulo para pregar. Ele, portanto, ousadamente declarou sua prontidão a pregar para qualquer pessoa em Roma.

Perguntas Interativas

  1. O que Paulo queria ter entre os santos romanos ainda que todos os seus esforços para ir a eles tivéssem sido impedidos?
  2. Paulo era o que aos gregos, bárbaros, sábios e ignorantes que o encorajou a estar pronto para pregar o evangelho aos romanos?
  3. Porque Paulo não se envergonhava do evangelho de Cristo?
  4. Para quem primeiramente o evangelho deve ser pregado, ainda que Deus a forneça para todo mundo?

Palavras-Chave

  • Anunciar o evangelho – Apregoar as boas novas de Jesus Cristo
  • Bárbaros – Aqui, os homens que não falavam a língua portuguesa; porém, no geral eram considerados como pessoas não civilizadas
  • Devedor – Alguém obrigado a fazer algo para outro
  • Evangelho – As boas novas da obra completa de Jesus Cristo para salvar a humanidade do pecado
  • Fruto – Aqui, o resultado do ministério do evangelho, especificamente, pecadores sendo salvos do pecado e santos sendo fortalecidos na fé
  • Gentios – Pessoas que não são judeus
  • Grego(s) – Aqui, não meramente pessoas que falavam a língua grega, mas ou (v.14) pessoas que eram civilizadas, ou (v.16) mais geralmente, gentios (não judeus)
  • Irmãos – Aqui, não irmãos de sangue, mas irmãos do Espírito de Deus, em que os romanos e Paulo eram todos na família de Deus por Cristo
  • Judeu – Aqui, aqueles que por sangue são a descendência de Abraão (1900s BC)
  • Primeiro – Aqui, antes de levar o evangelho aos gentios, a pregação dele começou com os judeus; (porém, todos podem ser salvos)
  • Salvação – Libertação do pecado por fé no evangelho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s